Posts Marcados pesquisa

E se a eleição fosse na internet?


Se pudéssemos contar os votos na internet com base nos seguidores dos quatro principais candidatos a presidência do Brasil, Marina Silva do PV levaria fácil esta disputa. Pode parecer incoerente, já que a candidata é a terceira colocada, muito distante de José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), mas próxima de Plínio Arruda (PSOL).

As redes sociais que olhamos para realizar a pesquisa foram: Twitter, Youtube, Facebook e Orkut. No Orkut e Facebook, a presença de Marina é substancialmente maior do que a dos outros candidatos. No Orkut, há 46.584 seguidores de Marina, 9.076 de Dilma, 4.560 de Plínio e apenas 976 para Serra. Já no Facebook a coisa muda um pouco, pois há 41.977 seguidores de Marina, 17.218 de Serra, 6.886 para Dilma e 1.048 para Plínio (nesta rede não há perfil oficial de campanha para o candidato Plínio Arruda).

No twitter Serra toma a liderança com 455.186 pessoas em seu perfil (@joseserra_), Marina tem 244.057 (@silva_marina), Dilma com 235.519 (@dilmabr) e Plíno tem 41.064 seguidores (@pliniodearruda). Finalmente no Youtube os candidatos se aproximam, Marina tem 84.143, Dilma tem 73.223, Plínio 31.197 e Serra aparece com 31.005 seguidores.

A revista Veja publicou um interessante infográfico que mostra a evolução dos candidatos dentro do Twitter, para ver clique aqui.

Fonte: MSN

Deixe um comentário

Personalidades de um mundo sem líderes


As coisas que mais me impressionam hoje como sinal do fim dos tempos são o desamor, a inafetividade, frieza, psicopatia e sociopatia […] — visíveis o tempo todo, não apenas na mídia das desgraças, mas, sobretudo, nos encontros que tenho com a maldade humana todos os dias.

Não há dia que alguém não me reporte coisas que somente podem ser entendidas como manifestação da morte do humano no homem!

É muita violência… É muita tara… É muito abuso… É muito engano e traição… É muita ingratidão… É muita morte de tudo o que faz a vida possível!

E tais coisas não estão confinadas ao mundo como ente irreligioso… Não! Até aquilo que se faz e se diz em nome de Deus está tomado de iniqüidade!

Olha-se para as lideranças do mundo se vê, com raras exceções, a mesma coisa…

O mundo está sem líderes humanos e sensatos!

É um quase apenas Obama [não sem suspeições] aquele que hoje ainda parece mostrar pelo menos um ar de seriedade e atitudes de coerência sóbria no mundo, isso em meio a um batalhão de Berlusconis, Chaves, Evos, Lulas, Sarkozis, Rauls, Kirchners, Benjamins Netanyahus, Mahmouds Ahmadinejads, Gordon Brown, etc…

Os demais líderes não têm qualquer expressão…

Ontem se viu o primeiro ministro inglês fazendo uma declaração de raiva quando pensava que ninguém ouvia suas reclamações acerca de uma senhora que o abordou fazendo algumas perguntas…

Veja: R7

No momento mais radical da História Humana a humanidade está destituída de líderes sóbrios, limpos, honestos e amantes da paz, não da demagogia política acerca da “Paz como ideologia”.

Hoje a Revista Time divulgou a lista das 100 principais personalidades do ano. O Presidente Lula aparece entre os 25 líderes políticos mais influentes do mundo.

No final do Século a mesma lista foi feita… À época se buscava a mais forte personalidade do Século XX. Ora, era o Século de Gandhi, mas quem ganhou como personalidade foi Hitler.

Nesse sentido a Influência de Lula é enorme, especialmente nos países Latino Americanos, Árabes e Africanos — países nos quais ele faz sua campanha pessoal de personalidade mundial.

Esta é a Era da Desafeição, mas é também a Era da Imagem e da Fanfarrice!

Pobre mundo!

Caio

29 de abril de 2010

, , ,

Deixe um comentário

Por que comer pimenta?


Por trás de sua cor avermelhada (ou preta, depende do tipo) se esconde uma substância amiga do organismo, capaz de atuar em diversas áreas do corpo. Com vocês, a capsaicina. Mas as boas notícias não acabam por aí. Nutriente como a vitamina C, poderoso antioxidante, também está presente na especiaria. A seguir, veja oito poderes da pimenta:

1. Emagrece
Diminuição do apetite e queima de calorias: pimenta no prato signifca ajuda extra contra os quilos a mais!

2. Previne o envelhecimento precoce
O tempero oferece cerca de quatro vezes mais vitamina C do que a laranja, nutriente que atua contra os efeitos da idade

3. Afrodisíaca!
Sabe o termo “apimentar a relação”? Pois é, um pouco de pimenta dá aquele empurrãozinho para estimular o apetite sexual

4. Solte a risada
Rir não faz mal a ninguém, certo? Fique sabendo que o consumo do tempero também está associado à melhora do humor

5. Abaixo o colesterol!
Quem consome pimenta preza por níveis reduzidos desse vilão, que adora arranjar encrenca com o coração

6. Intestino sem crise
A pimenta possui agentes químicos que ajudam a eliminar bactérias inimigas do bom funcionamento do intestino

7. Câncer no alvo
Estudos demonstram que um pouco de pimenta no cardápio ajuda a prevenir e auxiliar no combate de tumores

8. Xô, dor de cabeça!
Para quem vive reclamando desse tormento, comer pimenta pode ajudar a refrescar a cuca

Fonte: Revista Vida Natural

, , ,

Deixe um comentário

Da Vinci previu o fim do mundo, diz pesquisadora


Um outro código Da Vinci pode vir à tona. É isso que garante uma pesquisadora do Vaticano, que afirma que Leonardo Da Vinci previu o fim do mundo para o dia 1º de novembro do ano de 4006. Segundo Sabrina Sforza Galitzia, citada em reportagem do jornal britânico The Times, as evidências foram encontradas no afresco A Última Ceia, o mesmo utilizado no romande de Dan Brown.

De acordo com a pesquisadora, a janela central sobre a imagem de Cristo e seus discípulos antes da crucificação contém um quebra-cabeça matemático e astrológico que ela conseguiu decifrar. O resultado desse enigma seria a previsão de que o mundo pode acabar em uma “enchente universal” que terá início no dia 21 de março de 4006 e terminará no dia 1º de novembro do mesmo ano. Documentos apontam que Da Vinci acreditava que essa data marcaria um “novo começo para a humanidade”.

“Existe um código Da Vinci – e não é aquele que se tornou popular graças a Dan Brown”, disse Sforza Galitzia, que já estudou os manuscritos de Da Vinci na Universidade da Califórnia e agora trabalha nos arquivos do Vaticano. Atualmente, ela analisa códigos escondidos na obra do artista que envolvem signos do zodíaco e o uso das 24 letras do alfabeto latino usadas para representar as 24 horas do dia.

A Última Ceia possui 4,6 metros de altura e 8,8 metros de largura e cobre uma parede inteira do Convento de Santa Maria das Graças, em Milão. Da Vinci começou a pintá-la em 1495 e terminou três anos mais tarde. A obra foi bastante explorada no romance O Código Da Vinci, de Dan Brown, que sugeria que a figura ao lado de Jesus não seria o apóstolo João e sim Maria Madalena, grávida de Jesus.

veja

, ,

Deixe um comentário

Cientistas elaboram a fórmula do ‘casamento perfeito’


Para aqueles que buscam o casamento perfeito, os cientistas têm uma novidade: eles descobriram a fórmula matemática para o par ideal. De acordo com o time da Escola de Negócios de Genebra, a fórmula pode aumentar em até 20% as chances do casal de ter uma relação duradoura e feliz.

Segundo os cálculos, a noiva deve ser cinco anos mais nova que o companheiro, deve possuir experiências culturais semelhantes, deve ser pelo menos 27% mais inteligente e possuir um diploma universitário – mesmo que o marido não possua.

Para o estudo, publicado no European Journal of Operational Research, os cientistas analisaram 1.074 casais entre 19 e 75 anos, na tentativa de desvendar quais fatores sociais eram importantes para uma relação longa e feliz.

Nguyen Vi Cao, que coordenou a pesquisa, garante que a fórmula dá resultado. “Se as pessoas seguirem essas instruções ao escolherem seus parceiros, elas podem aumentar em até 20% as chances de ser feliz e ter um casamento duradouro”, afirmou. Os cientistas alertam, no entanto, que casar-se com alguém divorciado pode diminuir as chances de felicidade.

Um dos casamentos que comprova a eficácia da fórmula é do rainha Elizabeth II e do Duque de Edimburgo, casados há 62 anos. Hoje com 83 anos, Elizabeth II é quatro anos e dez meses mais nova que o Duque. Além disso, eles possuem bagagens culturais muito semelhantes. Sobre a questão da inteligência, é difícil especular. O que sabe é que a rainha mostrou ao longo de décadas de reinado um senso apurado de diplomacia, enquanto o marido é conhecido pela habilidade de ofender e cometer gafes em público.

Veja

Essses cientistas sabem de tudo! Há uma receita e uma bula perfeita até para os sustos e surpresas da existência.

, ,

Deixe um comentário

‘Corpo violão’ age como droga em cérebro masculino


A simples visão de uma mulher com corpo violão, ativa uma parte do cérebro ligada a recompensa

Mais uma pesquisa genial para explicar porque nós, homens, somos desse jeito estranho. Cientistas americanos descobriram que só a simples visão de uma mulher com corpo violão, ou seja, cintura fina e quadril grande, ativa uma parte do cérebro ligada a recompensa. O interessante é que tanto o álcool como as drogas afetam a mesma área e conseguem o mesmo efeito.

Para chegar a essa importante descoberta, pesquisadores da Georgia Gwinnett College fizeram 14 homens com idade média de 25 anos analisar e dar notas a fotos de mulheres nuas antes e depois de passarem por cirurgias de correção de silhueta, aquelas que tiram gordura de um lugar e colocam em outro (geralmente nas nádegas).

Nisso tudo, os voluntários estavam conectados a aparelhos de escaneamento da atividade cerebral e foi constatado que nas imagens pós-operação, a área de recompensa do cérebro é mais ativada.

Essas conclusões podem explicar o porquê de certas pessoas serem viciadas em pornografia e também aqueles que sofrem de disfunção erétil quando carentes de imagens pornográficas.

Outro uso possível pode ser para entender a infidelidade masculina. O próximo passo é realizar o mesmo estudo com mulheres em relação ao corpo masculino.

É bom lembrar que o velho e bom Hugh Hefner já tinha descoberto a mesma coisa há décadas sem examinar o cérebro de ninguém e fez uma fortuna com a revista Playboy. As informações são do site LiveScience.

Especial para Terra

, ,

1 comentário

Cigarro pode indicar baixo QI


Estudo israelense indica que indivíduos com QI mais baixo são mais propensos ao vício do fumo, mas não significa que cigarros tornam as pessoas menos inteligentes

Que o cigarro faz mal à saúde, todo mundo sabe: causa câncer de pulmão, de boca e esôfago, piora as condições cardio-vasculares e contribui para o envelhecimento precoce das células em geral. O que não se sabia é que ele pode sugerir QI baixo nos fumantes. Isso quer dizer que quem fuma é burro? Não se pode julgar o quociente de inteligência das pessoas sob essa ótica, mas uma pesquisa com mais de 20 mil soldados israelenses mostrou que os fumantes têm QI mais baixo do que os não fumantes e que, quanto mais eles fumam, menor é seu QI.

Homens jovens que fumam um maço de cigarros ou mais por dia tiveram cerca de 7,5 pontos abaixo dos não fumantes. Segundo o grupo de pesquisa, liderado por Mark Weiser, do Centro Médico Sheba de Tel Hashomer, adolescentes que têm baixo QI devem ser submetidos a programas para prevenir o fumo.

A pesquisa, publicada no U.S. National Library of Medicine National Institutes of Health, diz que enquanto há evidências da relação entre o fumo e baixo QI, muitos estudos têm se baseado em testes de inteligência aplicados na infância, incluindo pessoas com distúrbios mentais e de comportamento. Os dois últimos casos estão mais sucetíveis ao fumo e a ter QI baixo.

Para melhor entender a relação entre fumo e QI, os pesquisadores israelenses trabalharam com 20.211 soldados de 18 anos recrutados para o Exército de Israel. O grupo não incluiu ninguém com problemas mentais uma vez que esse tipo de doença desqualifica o cidadão para o serviço militar.

De acordo com os pesquisadores, 28% dos participantes fumavam pelo menos um cigarro por dia, cerca de 3% disseram ser ex-fumantes e 68% nunca haviam fumado. Os fumantes foram muito pior nos testes de inteligência e isso se manteve mesmo depois que os cientistas os dividiram por nível socioeconômico e escolaridade do pai do recruta.

O QI médio para não fumantes foi de 101, enquanto que para os jovens que começaram a fumar antes de entrarem para o Exército deu 94. Esse número cai de acordo com o número de cigarros que o sujeito fuma por dia: de 98 para quem fuma de um a cinco cigarros ao dia para 90 àqueles que tragam mais de um maço diariamente. Os jovens que não fumavam antes, mas passaram a fumar depois de entrar para a carreira militar atingiram 97 pontos. QI entre 84 e 116 é considerado médio.

Os pesquisadores também compararam o QI de 70 pares de irmãos no grupo, em que um deles não fumava e o outro, sim. Novamente, o QI médio dos irmãos não fumantes foi maior do que os que fumam. Esses resultados sugerem que indivíduos com QI mais baixo são mais propensos ao fumo e não que cigarros tornam as pessoas menos inteligentes.

Revista Época

, , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: