Posts Marcados Futebol

Os 10 tipos de líderes nesta Copa do Mundo


O Portal HSM traz uma matéria especial fazendo uma analogia entre os tipos de lideranças do mercado corporativo e os técnicos das seleções que disputam a Copa do Mundo 2010, a ser realizado na África do Sul. Confira!

Em comemoração ao início do maior evento esportivo do mundo, contamos um pouco do perfil dos treinadores das seleções. Eles que são referências não só para o futebol, mas também para o mundo corporativo. Executivos, costumeiramente, citam as estratégias dos técnicos para direcionar, orientar ou incentivas suas equipes de trabalho.

Veja a seguir o estilo e as características de 10 treinadores de futebol que comandarão seleções na África do Sul (torneio disputado entre os dias: 11/06 e 11/07).

Dunga: convicto

Já começou a carreira como técnico de futebol da Seleção Brasileira. Muitos treinadores experientes almejam este cargo, mas, devido ao seu histórico, o credenciou ao posto. Após um início turbulento, de vários testes, formou um elenco com características competitivas. Preferiu convocar 23 jogadores ao qual gerou bastante polêmica no país, pois deixou alguns craques fora da lista final (Ronaldinho, Neymar, Paulo Henrique etc.). Tal atitude foi corajosa, e isso aumentou a perseguição da opinião pública em cima do jovem treinador. Suas convicções têm influência direta de sua experiência como ex-jogador de futebol. Aliás, foi capitão da conquista do tetracampeonato mundial em 1994, pela mesma Seleção Brasileira. Mesmo sabendo da grande responsabilidade manteve sua convicção para tentar conquistar o sexto título mundial para o Brasil.

Maradona: mito

Assim como Dunga, começou a carreira de técnico dirigindo a seleção de seu país. Para Maradona o desafio parece ser maior. Primeiramente, por que na Argentina é considerado o maior jogador futebol de todos os tempos (os argentinos o consideram melhor do que Pelé). Ao aceitar o desafio de dirigir os “hermanos”, sabia que estava colocando o seu patamar de ídolo em cheque. E, realmente, isso aconteceu. Foi muito cobrado pelos torcedores e pela imprensa. Com Messi (o melhor jogador da atualidade), a Copa do Mundo é uma oportunidade para a sua “divindade” se eternizar.

Marcelo Bielsa: polêmico

O treinador é argentino e dirigiu o selecionado de seu país em duas Copas. E como todos outros que não ganham títulos, foi muito criticado. Bielsa, então, aceitou treinar o Chile. Está indo muito bem, pois era pouco provável que os chilenos carimbassem os seus passaportes para a África do Sul. Além de se classificar, ainda terminou a fase eliminatória em segundo lugar (atrás do Brasil e, melhor, à frente da Argentina). O treinador não cede à pressão, é um dos poucos que organiza a equipe com a formação 3-4-3 (três zagueiros, quatro meio-campistas e 3 atacantes). Além disso, o seu jeito excêntrico apimenta ainda mais a sua imagem. Caso classifique o Chile para a segunda fase, já terá cumprido a meta.

Fabio Capello: estrategista

O treinador italiano é famoso por ter treinado grandes equipes do futebol mundial: Roma (ITA), Juventus (ITA), Real Madrid (ESP), entre outros. Conquistou títulos por onde passou, sempre privilegiando a organização tática de seus times. Capello tem como característica formar equipes sólidas e compactas dentro de campo. Agora, à frente da Inglaterra, tem a missão de conquistar um título com uma seleção. Mesmo sem o principal jogador, David Beckham (machucado), ainda tem nas mãos grandes atletas. O grupo atual é considerado uma das melhores safras do país nos últimos tempos. Se repetir o seu histórico, pode ganhar o primeiro título como treinador de seleção.

Carlos Queiroz: estudioso

Ficou conhecido no início da década de 1990, quando dirigiu seleções juniores (atletas de até 20 anos de idade) e ganhou dois títulos mundiais da categoria. Em sua segunda passagem pela seleção portuguesa profissional, tem a difícil missão de dirigir uma equipe que foi comandada por Luiz Felipe Scolari (Felipão) – técnico com grande aceitação no país. Mas com dedicação na estruturação de suas equipes, pode fazer como grandes treinadores da história. Montar a equipe para jogar em torno de seu maior craque: Cristiano Ronaldo. Se souber explorar o que tem de melhor, pode surpreender na Copa do Mundo.

Leia o resto deste post »

Anúncios

,

Deixe um comentário

Futebol para mulheres


Você está cansada de ser discriminada por essa Sociedade Machista???
De ouvir que FUTEBOL é coisa de Macho?!!!
Seus problemas acabaram!!!
Resolva o questionário abaixo e mostre que você é muito informada sobre FUTEBOL!!!

1. Lateral esquerdo da Seleção Brasileira:
( ) Roberto Carlos
( ) Erasmo Carlos
( ) Ney Matogrosso

2. Ex-capitão da seleção brasileira e atualmente técnico:
( ) Dunga
( ) Soneca
( ) Feliz

3.Centroavante da Argentina:(boa!)
( ) Batistuta
( ) Prostituta
( ) Filho da P…

4. Atacante do Chile:
( ) Salas
( ) Cozinhas
( ) Banheiros

Leia o resto deste post »

,

Deixe um comentário

Partidas históricas da Copa do Mundo


Com a aproximação da Copa do Mundo na África do Sul, a revista americana Time elaborou uma seleção com os jogos mais bonitos de todos os tempos. Relembre alguns momentos destas partidas que entraram para a história do esporte:

10 melhores partidas de todos os tempos

Navegue clicando nas fotos menores, nas setas ou pelo teclado: Aqui

,

Deixe um comentário

Os 10 maiores bandeirões do Brasil


Leia o resto deste post »

, , ,

Deixe um comentário

A nova camisa azul da seleção brasileira


A CBF e a Nike escolheram a madrugada do domingo de Carnaval para o lançamento oficial da camisa número dois do uniforme que a seleção brasileira vai usar na Copa da África do Sul.

No Rio, o modelo escolhido foi Robinho, jogador do Manchester United, emprestado para o Santos até agosto. Na Bahia, foi Carlinhos Brown quem posou para as câmeras com a nova camisa azul.

À primeira vista a grande diferença foi a mudança na cor dos detalhes secundários da camisa. A gola e as faixas nos ombros que eram brancas no uniforme anterior passaram a ser amarelas na nova camisa.

O único detalhe que permaneceu branco foram as cinco estrelas sobre o escudo da CBF que simbolizam os cinco mundiais conquistados pela seleção.

Outras novidades são as dezenas de pequenos pontos amarelos no peito e costas e as listras amarelas em cada lado da camisa.

Segundo o representante da Nike ouvido pela BBC Brasil, os pontos amarelos são apenas um complemento estético e não têm nenhuma função mais elaborada para aumentar o desempenho dos atletas.

As novidades tecnológicas, segundo a fabricante, ficarão para a tradicional camisa amarela a ser lançada no final do mês aqui em Londres, nas vésperas do último amistoso da seleção antes da Copa.

Com certeza o lançamento da famosa camisa canarinho deve ter mais destaque do que Nike e CBF conseguiram com o lançamento da camisa azul que foi feito num momento em que os olhos da mídia estão voltados para o Carnaval.

A partida contra a Irlanda será disputada no dia 2 de março, no estádio Emirates, aqui em Londres.

BBC Brasil

, , ,

Deixe um comentário

Flamengo e Corinthians tomam goleada em Marketing


O Brasil é o país mais vezes campeão no esporte mais popular do mundo, o futebol. Pela quantidade de pessoas que acompanham cada detalhe dos campeonatos e vibram nos jogos como se fossem um verdadeiro “acontecimento” em suas vidas, é fácil perceber que somos um povo fanático por esse esporte.

E essa relação torcedor x clube ultrapassa o limite da razão e estabelece um vículo emocional de dar inveja a qualquer marketeiro que trabalha com produtos ou serviços “convencionais”. Já imaginou se uma consumidora de Activia, por exemplo, fosse tão envolvida e apaixonada pela marca como é um corinthiano roxo?

Com esse contexto, os times brasileiros têm a faca e o queijo na mão pra fazer uma belíssimo trabalho de valorização e exploração de marca. Mas… parece que ninguém sabe ou quer fazer isso direito.

A consultoria Crowe Horwath RCS divulga anualmente uma estimativa do valor das “marcas” dos principais clubes do mundo. Ao cruzar essa informação com a quantidade de torcedores que cada um tem, chegamos a um resultado pífio. Em geral, os clubes europeus sabem trabalhar MUITO melhor as suas marcas, mesmo com menos torcedores.

O Flamengo, por exemplo, é o time com a maior torcida do mundo (33 milhões de torcedores no Brasil!), mas sua marca não vale nem 1/5 do valor da marca “Manchester United”, que tem apenas 4 milhões de torcedores na Inglaterra (veja gráfico abaixo).

Somos bons de futebol, mas de Marketing….

Fonte: Mundo do Marketing

, , ,

Deixe um comentário

Pelé é o maior goleador da história


Em ranking divulgado nesta segunda-feira, a IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol) listou os maiores goleadores de todos os tempos. Pelé ficou em primeiro lugar, mas com um número bem menor de gols do que os mais de 1200 marcados em sua carreira. Já Diego Maradona ficou bem distante do topo, em 97º lugar.

A IFFHS levou em consideração apenas os gols marcados em torneios nacionais de primeira divisão. Sendo assim, Pelé aparece no topo da lista com “apenas” 541 gols marcados em 560 partidas por Santos e New York Cosmos (EUA).

Mais três brasileiros estão entre os dez maiores artilheiros da história, de acordo com os critérios utilizados pela IFFHS. Romário aparece em quarto lugar, com 489 gols em 612 jogos. Logo abaixo vem Roberto Dinamite, com 470 gols (758 partidas). Zico está em nono: 406 gols em 596 partidas.

Em segundo lugar, ficou Josef Bican, com 518 gols. A marca do austríaco merece destaque: ele alcançou este número em 341 jogos – ou seja, uma média pouco superior a 1,5 gol por partida.

Outros brasileiros também aparecem entre os 100 primeiros do ranking: Arthur Friedenreich (20º, 354 gols em 323 partidas), Cabinho (32º, 331/481), Bebeto (69º, 283/536) e Rivaldo (91º, 261/518).

Diego Maradona aparece em um “modesto” 97º lugar. O atual treinador da seleção argentina fez 259 gols em 490 jogos em torneios nacionais de primeira divisão, segundo dados da IFFHS.

uol

Não chores por mim Argentinha…..rsrsrs

, , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: