Posts Marcados Cinema

Filme ‘O Império Contra-Ataca’ é eleito melhor sequência


Longa mostra treinamento de Luke Skywalker pelo mestre jedi Yoda

Yoda (arquivo)

O filme Star Wars: Episódio 5 – O Império Contra-ataca, produzido por George Lucas em 1980, foi eleito a melhor sequência de todos os tempos em uma pesquisa britânica.

O site de locações de DVDs Lovefilm realizou uma pesquisa perguntando quais eram as melhores sequências da história do cinema, para marcar o lançamento de Homem de Ferro 2.

O longa chegou ao primeiro lugar da pesquisa da Lovefilm com 19% dos votos e deixou em segundo lugar o filme O Exterminador do Futuro 2, de James Cameron, lançado em 1991. Em terceiro, aparece O Poderoso Chefão 2, dirigido em 1974 por Francis Ford Coppola.

Em quarto lugar ficou um dos filmes mais bem sucedidos da franquia Batman, Batman – O Cavaleiro das Trevas, dirigido em 2008 por Christopher Nolan e famoso por ser um dos últimos filmes do ator Heath Ledger, morto em 2008.

As dez melhores sequências de filmes

1. Star Wars: Episódio 5 – O Império Contra-Ataca (1980)

2. O Esterminador do Futuro 2 (1992)

3. O Poderoso Chefão 2 (1974)

4. Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008)

5. Aliens, O Resgate (1986)

6. A Supremacia Bourne (2004)

7. O Senhor dos Anéis – As Duas Torres (2002)

8. Toy Story 2 (1999)

9. Entrando Numa Fria Maior Ainda (2004)

10. Shrek 2 (2004)

O Império Contra-ataca já era considerado pelos fãs o melhor filme da série Star Wars, com a batalha no planeta gelado de Hoth, o treinamento de Luke Skywalker por Yoda e o momento chocante no final do filme, quando Darth Vader revela que é o pai de Luke.

O longa foi lançado depois de Star Wars: Episódio 4 – Uma Nova Esperança, lançado em 1977 e que iniciou a saga Star Wars. A saga ainda teria Star Wars: Episódio 6 – O Retorno de Jedi, em 1983 e, a partir de 1999, George Lucas retoma a saga com o lançamento dos três primeiros episódios, A Ameaça Fantasma, Ataque dos Clones e A Vingança dos Sith.

“Não há como vencer Star Wars, e os fãs participaram muito de nossa pesquisa para estabelecer seu primeiro lugar, como melhor sequência de todos os tempos”, afirmou Helen Cowley, editora da página da Lovefilm.

“As sequências de filmes nos dão a chance de ver novamente os personagens de volta à tela, mas é difícil encontrar uma sequência à altura do primeiro filme”, acrescentou.

BBC Brasil

, , ,

Deixe um comentário

Mais um clássico do cinema na Cultura


No próximo dia 23 chega às nossas lojas a primeira edição brasileira em DVD do filme Um Lugar ao Sol, o clássico de 1951 dirigido por George Stevens e protagonizado por Elizabeth Taylor e Montgomery Clift. O filme ganhou seis Oscar® da Academia (incluindo Melhor Diretor e Melhor Roteiro) e com certeza era aguardadíssimo pelos cinéfilos e amantes do cinema clássico em geral. A edição em DVD é exclusiva da Livraria Cultura.

Blog da cultura

, ,

Deixe um comentário

Belas sem alma


Jodie Foster saiu na capa da Entertainment Weekly em 7 de setembro de 2007. Tanto na versão online quanto na impressa (pág. 41) Jodie diz o seguinte:

Pergunta: Você é religiosa?

Resposta: Não, eu sou atéia, mas eu adoro religiões e rituais apesar de não acreditar em deus. Nós comemoramos todas as festas religiosas em casa com minha família e filhos. Eles adoram e às vezes perguntam “Nós somos judeus? ou “Nós somos católicos?” e eu digo “Bem, eu não sou, mas você pode ser o que quiser quando crescer”.

, , ,

Deixe um comentário

Fernando Meirelles e Marina Silva


Cineasta confirma “consultoria” ao Partido VerdeDiretor Fernando Meirelles fala à Época sobre a sua relação com a campanha presidencial que Marina Silva disputará pelo Partido Verde

Época – Como começou a sua relação com o Partido Verde (PV)? Partiu de um convite ou foi espontânea?

Fernando Meirelles – Eu disse que votaria na Marina ao ser abordado por um programa de TV. E o Fábio Feldman (possível candidato ao Governo de São Paulo pelo Partido Verde), pai de um amigo do meu filho, ficou sabendo e me ligou para conversarmos a respeito e pedir uns palpites sobre a comunicação da candidata. Depois deste encontro me dispus a fazer os filmetes para o Instituto Sócio Ambiental e por causa disso acabei dando palpites. Faço isso como eleitor, não pretendo me envolver na campanha profissionalmente.

Época – Qual foi a sua participação no programa que vai ser exibido no horário partidário do Partido Verde, em fevereiro?

Meirelles – O programa do PV está sendo produzido por uma produtora do Rio de Janeiro, não estou envolvido. Fiz alguns programetes com a Marina para o site do Instituto Sócioambiental, em novembro, e nos demos bem. Então eles pediram uns palpites apenas. Só isso.

Época A imprensa nacional divulgou que o filme vai fazer uma comparação da trajetória da senadora Marina Silva com a do presidente Lula? Está certa essa afirmação?

Meirelles – Sem querer ser evasivo, não sei exatamente qual será o tom do programa do PV, mas não há dúvida que a trajetória da Marina e a do Lula têm muita relação. Os dois vieram de lugares aparentemente improváveis para se forjar líderes do país, a diferença é que o Lula cresceu por saber fazer bons discursos, pela sua sensibilidade política, enquanto a Marina optou pela via da educação. Estudou, virou uma educadora, através do estudo e de leituras passou a atuar e encontrou seu espaço. Em 40 anos se tornou uma mulher extremamente esclarecida, que sabe onde está pisando, conhece as correntes de pensamento ao seu redor e tem uma visão de mundo consistente e extremamente moderna. Se o Lula gosta de ser visto como o pai dos brasileiros, o pai que dá a mesada, a Marina talvez tenha o papel da mãe, aquela que vai dizer: “Vai estudar para poder ser alguém na vida. ” Particularmente gosto mais deste papel. Leia +.

fonte: Época

Via PavaBlog

,

Deixe um comentário

‘Hitler é bode expiatório’, diz Oliver Stone


O cineasta americano Oliver Stone disse, neste domingo, que o líder nazista Adolf Hitler foi um “bode expiatório fácil” ao longo da História.

As declarações de Stone foram feitas durante uma entrevista coletiva da Associação de Críticos de Televisão, em Pasadena, na Califórnia, onde foi exibido o trailer de sua mais nova obra: a minissérie The Secret History of America (“A História Secreta da América”, em tradução livre), que deve estrear nos Estados Unidos ainda neste ano.

Segundo ele, a minissérie vai mostrar como as corporações americanas se envolveram no financiamento do partido nazista alemão.

“Não podemos julgar as pessoas apenas como ‘más’ ou ‘boas’. (Hitler) é o produto de uma série de ações. É uma relação de causa e efeito. Muitos americanos não entendem a conexão entre a Primeira e a Segunda Guerras Mundiais”, disse Stone.

Stalin

O cineasta, autor de filmes polêmicos como Wall Street – Poder e Cobiça (sobre o mundo dos investidores financeiros), JFK (sobre o ex-presidente John Kennedy) e W (sobre o ex-líder americano George W. Bush), também fez comentários sobre outra figuras controversas da época da Segunda Guerra Mundial e que estão retratadas em sua minissérie, como o então presidente soviético Josef Stálin.

“Não quero pintá-lo como herói, mas tento fazer uma representação mais factual dele. Ele lutou contra a máquina alemã mais do que qualquer outra pessoa”, afirmou.

Stone, que é ganhador de três Oscars (como diretor pelos filmes Nascido em 4 de Julho e Platoon, e como roteirista por O Expresso da Meia-Noite), disse esperar uma reação negativa a sua minissérie por parte dos políticos e das figuras mais conservadoras dos Estados Unidos.

The Secret History of America deve estrear no canal a cabo americano Showtime ainda neste ano.

BBC

,

Deixe um comentário

Viver a Vida Companheiro


Enquanto relaxava depois do banho, assistia  a novela da Globo Viver a Vida até que uma cena chomou a atenção: Algumas mulheres estavam programando um passeio e sutilmente uma delas sugeriu ver no cinema o filme: Lula, o filho do Brasil. Caramba! Alguém bancou esse marketing…isso aqui é Brasil! Alguém mais percebeu?

,

Deixe um comentário

Avatar causa depressão profunda em muitos fãs


“Avatar” já está com a segunda posição entre os filmes com as maiores bilheterias mundiais da história, mas tem causado problemas para seus fãs. Depois do êxtase, a depressão. Os espectadores do longa estão se demonstrando insatisfeitos com a vida após assistir o longa.

No site Avatar Forum, um dos maiores sobre o filme, muitos fãs deixaram depoimentos se queixando de ‘Depressão pós-Avatar’. Eles não conseguem lidar com a realidade depois de conhecer o utópico mundo de Pandora, e lamentam não poder visitar ou morar no planeta.

Segundo a CNN, o filme de James Cameron tem uma ligação muito forte com quem o assiste e os fãs recorrem aos fóruns para partilharem as experiências. Em um caso citado pela rede, um usuário disse que estava pensando em suicídio: “Desde que fui ver ‘Avatar’ tenho estado deprimido. Ver o maravilhoso mundo de Pandora e os Na’vi me fez querer ser um deles. Não consigo parar de pensar sobre todas as coisas que aconteceram no filme e todas as lágrimas e arrepios que tive ao vê-lo… Cheguei mesmo a pensar em suicídio, imaginando que se o fizer poderei renascer em um mundo similar a Pandora, onde tudo é igual a ‘Avatar'”, diz o internauta, identificado como Mike.

Preocupados, outros usuários na mesma situação tentam animar os colegas e sugerem que comprem a trilha sonora e os jogos sobre o filme para tentar combater a depressão.

Fonte: Yahoo

,

2 Comentários

%d blogueiros gostam disto: